Example Example Example Example Example Example Example O presidente Ikeda observa: "É absolutamente impossível que alguém com uma conduta séria e sincera na fé não consiga ser feliz e prosperar ou que seu ambiente não consiga ser revitalizado. Este é o princípio universal do budismo. O coração é o que transforma tudo. Esta é a natureza prodigiosa da vida. É uma verdade irrefutável". Nam-myoho-rengue-kyo Nam-myoho-rengue-kyo Nam-myoho-rengue-kyo....


Pesquisa personalizada

27 de outubro de 2009

Cont 9 - Terceiro capítulo do Sutra de Lótus — Parábolas

Essa parábola é repleta de significados revelados por Sakyamuni a seus ouvintes. A
casa em chamas é uma metáfora do mundo, envolto pelas chamas de sofrimento. Os
filhos que brincam na casa representam as pessoas que sofrem no mundo dos desejos.
O pai é o Buda, que aparece no mundo para salvar os filhos queridos. Na parábola, o
pai usa as três carroças como um meio para salvar os filhos do incêndio. No final,
o pai ou Buda concede a cada um de seus filhos a carroça do boi branco, que indica o
supremo veículo da iluminação (Sutra de Lótus), capaz de conduzir todas as pessoas à
felicidade. Sakyamuni termina a explanação da parábola e então diz a Sharihotsu que uma pessoa consegue adentrar [o caminho] somente por meio da fé. Sharihotsu era respeitado como o mais inteligente entre os discípulos de Sakyamuni. No entanto, o Buda declara que mesmo a grande sabedoria de Sharihotsu não era comparável à profunda doutrina do Sutra de Lótus. O Buda afirma que somente a fé possibilitaria Sharihotsu alcançar a iluminação.

Os ensinos anteriores ao Sutra de Lótus postulavam que os Budas existiam longe deste
mundo, ou seja, as pessoas não acreditavam serem capazes de atingir a condição de
Buda. Mas no Sutra de Lótus, Sakyamuni revela que todas as pessoas possuem
inerente na vida essa condição que pode ser alcançada por meio da fé na Lei Mística.
Contudo, se a fé não estiver acompanhada pela ação, terá pouco efeito. É por isso que o Buda Nitiren Daishonin sempre traduziu a fé em ação, e ensinou a seus discípulos a nunca esquecerem de realizar a prática individual (a recitação do mantra Nam-myohorengue-kyo ao Gohonzon) e a prática altruística (ensinar a Lei Mística a outras pessoas).

Daishonin incorporou o estado de Buda no Gohonzon — o objeto de devoção — por
intermédio do qual todas as pessoas que possuem fé e recitam esse mantra podem
extrair o estado de Buda das profundezas da vida.

Fonte: • The Lotus Sutra, Burton Watson.

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada

e-referrer

Encontre seu par perfeito