Example Example Example Example Example Example Example O presidente Ikeda observa: "É absolutamente impossível que alguém com uma conduta séria e sincera na fé não consiga ser feliz e prosperar ou que seu ambiente não consiga ser revitalizado. Este é o princípio universal do budismo. O coração é o que transforma tudo. Esta é a natureza prodigiosa da vida. É uma verdade irrefutável". Nam-myoho-rengue-kyo Nam-myoho-rengue-kyo Nam-myoho-rengue-kyo....


Pesquisa personalizada

26 de outubro de 2009

Cont 5 - O 1º capítulo do Sutra de Lótus

Quando o Buda terminou a pregação, sentou-se na posição de Lótus e entrou no
“samadhi do lugar dos imensuráveis significados”. O nome da meditação (samadhi)
implica que o Sutra de Lótus que o Buda está para ensinar é o ensino máximo no qual
se baseiam ou originam-se todos os outros ensinos.

Nessa ocasião, quatro tipos de extraordinárias flores chovem do céu e a estremece de
seis maneiras diferentes sobre o Buda e a assembléia. Os seres ficam cheios de alegria por terem presenciado essa experiência sem precedentes; regozijam-se e com um espírito só fitam o Buda.

Em seguida, o Buda emite um raio de luz do tufo de cabelos brancos entre suas
sobrancelhas, iluminando dezoito mil mundos a leste. Todos os seres dos seis
caminhos bem como os budas e seus discípulos, em todos esses mundos, são
claramente visíveis.

As pessoas presentes à assembléia ficam atônitas com esse fabuloso presságio e, em
nome de todas elas, o Bodhisattva Maitreya pergunta ao Bodhisattva Majushri, que já
havia praticado servindo a inumeráveis budas, sobre o seu significado. Majushri
responde que, no passado, viu outros budas lançarem um raio de luz dessa forma e,
depois disso, eles sempre expuseram um ensino superior. E diz: “Creio que o Buda, o
Universalmente Honrado, deseja agora expor a grande Lei, fazer cair a chuva da grande Lei, rebentar a concha da grande Lei, elucidar o significado da grande Lei...
Ele deseja fazer com que todos os seres humanos ouçam e aprendam a Lei, que é difícil de ser acreditada por todos no mundo. Por isso ele manifestou esse auspicioso presságio (de emitir um raio de luz do tufo de cabelos brancos entre suas sobrancelhas)”.6

Majushri fala então de experiências de vidas passadas. Ele descreve como no passado
um Buda chamado Brilho do Sol e da Lua manifestou o mesmo tipo de fenômenos
maravilhosos quando pregou o Sutra de Lótus. Com ele elemento principal, diz
Majushri, Sakyamuni também está prestes a pregar o Sutra de Lótus.
O Buda só desperta no segundo capítulo para, enfim, começar a expor o Sutra de Lótus.

Notas: 1. Nova Revolução Humana, vol. 4, pág. 160. 2. A Sabedoria do Sutra de Lótus,
vol. 1, pág. 77. 3. Brasil Seikyo, edição no 1.331, 27 de maio de 1995, pág. 33. 4. A
Sabedoria do Sutra de Lótus, vol. 1, pág. 35. 5. Ibidem. 6. Ibidem, pág. 80.

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada

e-referrer

Encontre seu par perfeito