Example Example Example Example Example Example Example O presidente Ikeda observa: "É absolutamente impossível que alguém com uma conduta séria e sincera na fé não consiga ser feliz e prosperar ou que seu ambiente não consiga ser revitalizado. Este é o princípio universal do budismo. O coração é o que transforma tudo. Esta é a natureza prodigiosa da vida. É uma verdade irrefutável". Nam-myoho-rengue-kyo Nam-myoho-rengue-kyo Nam-myoho-rengue-kyo....


Pesquisa personalizada

27 de outubro de 2009

Cont 11 - Quarto capítulo do Sutra de Lótus — Shingue

O homem rico então promove o filho a administrador de sua propriedade e, passo a
passo, este começa a aprender todas as suas funções. Finalmente, pressentindo a
morte, o pai revela ao rei, ministros e parentes que seu empregado é, na verdade, seu filho verdadeiro, transferindo-lhe todas as suas posses.

Após contarem ao Buda a parábola, os quatro homens explicam o seu significado. Eles
comparam o Buda ao homem rico, e o pobre filho a eles mesmos. Eles dizem ao Buda:
“Na realidade, somos filhos do Buda há muito tempo. Contudo, procuramos ensinos
inferiores e ficamos satisfeitos quando os encontramos. Agora, neste sutra o Buda
expôs o supremo veículo — algo que nunca esperávamos. O grande tesouro do Rei da
Lei chegou a nós por si mesmo”.

Do ponto de vista do Budismo Nitiren, o filho representa as pessoas que vagam pela
vida sem nunca encontrar o Buda. O pai é o Buda Original Nitiren Daishonin, que legou o Gohonzon à humanidade.

Como o filho pobre, as pessoas vivem sem saber que são budas em potencial. Para que
eles possam evidenciar essa condição de vida, Nitiren Daishonin inscreveu um mandala
na forma do Gohonzon, possibilitando-as a conduzir plenamente a vida cheia de
esperança, ilimitada alegria, energia vital e sabedoria.

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada

e-referrer

Encontre seu par perfeito